29 de nov de 2010

O Dogma da Imaculada Conceição de Maria


A Imaculada Conceição é um dogma católico declarado em 1854, que consolida formalmente a pureza da mãe de Jesus, Aquela que concebeu o filho de Deus e foi isenta do pecado.

O título litúrgico da Imaculada Conceição que os católicos invocam, professam a prerrogativa concedida unicamente a Nossa Senhora: Maria foi concebida sem a mancha do pecado original desde sua mãe Santa Ana, e nasceu portanto, sem o pecado original.

O título expressa portanto que a mãe de Jesus é toda santa, a cheia de graça, desde o momento de sua concepção.

Invocações marianas sobem os céus nos mais variados idiomas, desde o século I dC, brotadas do coração de todas as raças, nações e povos. Nossa Senhora é uma só, apenas cultuada em diferentes situações, de acordo com os sentimentos que desperta nas pessoas, ao se deparar com as várias facetas de Maria; recebe por isso outras denominações de acordo com as características exaltadas ou em função de locais de aparição da Virgem aos seres humanos.São 156 diferentes títulos que invocam Maria, como Nossa Senhora Achiropita, Aparecida, de Fátima, de Lourdes, do Rosário, do Brasil, entre outros. Nossa Senhora da Imaculada Conceição apenas corrobora Sua faceta de pureza, sem culpas, para gerar o Salvador.

O dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora foi proclamado pelo papa Pio IX, em 1854, com a bula Ineffabilis Deus, resultado da devoção popular aliada a intervenções papais e infindáveis debates teológicos. O calendário romano já devotava uma festa em seu calendário em 1476; entretanto nos anos 700 esta celebração já existia no Oriente.Em 1570, Pio V publicou o novo Ofício e em 1708 Clemente XI estendeu a festa, tornando-a obrigatória a toda cristandade.Quatro anos após a proclamação do dogma por Pio IX, Maria Santíssima apareceu a Bernadette Soubirous dizendo : " Eu sou a Imaculada Conceição" .

Em Portugal o culto foi oficializado por D.João IV, primeiro rei da dinastia de Bragança, que foi aclamado quando se iniciava a festa de Imaculada Conceição.

No Brasil existem cerca de 533 paróquias dedicadas à Virgem Imaculada. A primeira imagem chegou em uma das naus de Pedro Álvares Cabral. O culto à Imaculada Conceição no Brasil teve início na Bahia, quando Tomé de Souza chegou a Salvador trazendo uma escultura da santa. Ela foi protetora do nosso país no período colonial e foi proclamada Padroeira do Império Brasileiro por D.Pedro I . Já no despontar do século XX, com o advento da República, o título cedeu lugar a Nossa Senhora de Aparecida, que é uma antiga imagem da Imaculada Conceição encontrada nas águas do rio Paraíba do Sul.

Neste final de milênio, o culto à Maria ressurge com renovado vigor, pois só a Mãe mais amorosa e extremada poderia nos guiar frente ao caos nunca atingido antes pela civilização.

Fonte: Pascom Comunitária e Cotianet

Nenhum comentário:

Postar um comentário